segunda-feira, 6 de julho de 2009

Sinto nada

Por que me olhas com essa cara de peixe morto?
Por que não diz na cara e revela logo esse seu sujo jogo?
Me conheço, sei que não sou flor que se cheira, mas você sua besta não sabe disfarçar, não sabe esconder, não sabe nem ao menos quem é você.
Se aparte de mim os seus passos, fique longe de mim seu perfume, suma da minha frente e leve com você as imundices que colocou em seu próprio mundo.
Cale a boca, vire o rosto e morda sua língua. Suas palavras são um poço vazio, não mata a sede e para nada tem serventia.
Nojo.
Raiva.
Pena.

Sinto nada...

2 comentários:

Obrigado por compartilhar aqui! =D
#feliz