sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Rosas

Abri os olhos para observar a minha volta
A sensação de estar aqui me basta, é boa e nunca passa
Permaneço, sinto e me arrasto
Colho as milhares de rosas espalhadas aos lados
Todo cheiro e tantas cores
Texturas das flores que me mostram tantos casos

Relacionamentos, acordos entre a carne e osso.
E um doce gosto do amor que nunca entendo.

Um comentário:

  1. O amor é uma flor delicada, mas é preciso ter a coragem de ir colhê-la à beira de um precipício.

    ResponderExcluir

Obrigado por compartilhar aqui! =D
#feliz