quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Uma reflexão - Notar a ausência.

"Viva de maneira que sua presença não seja notada, mas que sua ausência seja sentida".

Li essa frase em um site na web na página de uma pessoa muito próxima a mim, então comecei a refletir sobre ela, já que estava bastante inclinado a pensar e filosofar sobre qualquer assunto.
Creio ser difícil sentir a ausência quando a presença antes não é notada. O ser humano somente sente falta do que viu, tocou ou sentiu em sua vida de alguma maneira.
O homem sempre vai sentir falta daquilo que realmente o impacta, que mexem com ele e sempre sentirá a ausência das coisas que deseja ter ou já teve (vivido em tempo real ou em sonhos / pensamentos).
É de nossa natureza precisar ter próximos a nós tudo aquilo (ou boa parte) do que necessitamos ter e cada um sabe o bem que essas tais coisas fazem quando a temos.
Que os seus anseios ligados aos desejos de se ter próximos possa estar cada vez mais ligados a você.
Não é feio e nem errado desejar ter e sentir a falta do que queremos ter bem pertinho de nós. Somente assim a dor e o buraco de sua ausência será notada. Desejada para se ter novamente em algum momento, aquele bis e a insistência para viver outra vez aquilo que não se tem mais.

3 comentários:

  1. Discordo em partes, já senti a ausência de algo/alguém que não tinha, e isso me consumia, pois não tinha rosto, nome, cheiro ou qualquer outro sentido, porém já existia pois eu o desejava.

    Posso dizer que hoje "tenho" o que por tanto tempo desejei, e espero nunca mais provar dessa ausência.

    ResponderExcluir
  2. Mas em algum momento você projetou ter algo, mesmo que em pensamento, então isso se tornou presente em sua vida e a ausência desse pensamento (no caso não materializado) se fez sentida por você.
    Se nunca desejasse ter ou visto (talvés inspirado em livros, filmes, etc) vc não sentiria nenhuma falta.
    É sobre isso que me refiro quando digo:

    "O homem sempre vai sentir falta daquilo que realmente o impacta, que mexem com ele e sempre sentirá a ausência das coisas que deseja ter ou já teve (vivido em tempo real ou em sonhos / pensamentos)".

    É bom resaltar que pensamentos também são válidos e a ausência no real se faz percebida.

    Forte abraço e obrigado pelo seu comentário.

    ResponderExcluir
  3. Vlw Jair, esse texto me fez refletir muito, e se encaixa perfeitamente na minha situação. Obrigado e parabéns pelo blog!!!1
    Abraços

    ResponderExcluir

Obrigado por compartilhar aqui! =D
#feliz