segunda-feira, 11 de julho de 2011

Cretino extinto

Podemos chamá-lo de nada, de tudo ou de quase alguma coisa desde que ao menos o tenhamos tido, estado com ele, vivido por ele em alguns instantes de nossa própria vida. Passado pelo seu estado de não saber ser, não entender o sentir. É só viver para poder saber que nem sempre é um bom amigo, mas sempre estará ali. Cretino instinto esse nosso de querer amar.

3 comentários:

  1. esse nosso... instinto?... Porque talvez as vezes o que tanto queiramos é aquilo que passa...

    ResponderExcluir
  2. O instinto de amar e de sempre tentar uma vez mais por aquele velho amor.! :S belo post.'!

    ResponderExcluir
  3. Se o instinto de guia para o amor...que belo instinto!!!
    beijocas
    Graça

    ResponderExcluir

Obrigado por compartilhar aqui! =D
#feliz