sexta-feira, 15 de março de 2013

Professor de Dança

Amo o que faço.

Peço a vida força para fazer Dança de maneira incansável, da mesma maneira que aprendi com os meus mestres.
Na minha rigidez em ensinar estão valores de força, de busca pela superação e da construção do corpo. Valores que vão além de dançar, mas princípios que se estendem em outras áreas da vida.

Vejo meus alunos crescendo. Do mais novo ao mais velho. Vejo corpos diferentes. Vejo neles a sede em aprender.
Vejo transformação por meio a arte, e arte não é vida? Não é a mais pura expressão de uma mente, de um coração que vive? Pois bem, os vejo vivendo, evoluindo e me sinto grato por fazer parte disso!

Sou chato, sou perfeccionista, durão e grito. Sou artista, sou bailarino e professor de dança clássica.
Apaixonado por cada aluno.
Viciado em contagens de oito tempos, viciado em pensar exercícios e sequências boas e novas. Quero a cada dia ser melhor no que faço, não só por mim, mas por cada corpo que durante a minha caminhada vou encontrar.  Passagem que produz a troca, a soma e o compartilhar.

Amo o que faço. A cada dia amo mais.


12 comentários:

  1. E todo esse Amor reflete na excelência com que ensina e no exemplo de profissional que é! Sempre fui e sempre serei o fã número 1!

    =*

    ResponderExcluir
  2. Esse tipo de amor é sempre nascido de um extraordinário talento.
    Texto comovente.
    Lindo, mesmo.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Quando fazemos tudo com amor, a maestria dos atos são excepcionalmente perfeitos.

    E o orgulho dos frutos?

    Simplesmente divino!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Um, dois, tres, quatro, cinco, seis, sete, oito; Dois, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito; Três, dois, tres e etc...

    ResponderExcluir
  6. Quem faz de seu talento sua arte e razão de vida, sempre será feliz e competente.

    Abraço Jair e parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Impossível ler esse texto e não ficar feliz ao ver um profissional realizado, um profissional que consegue transmitir um pouco do seu amor pela arte da dança nessas lindas palavras. À esse artista os meus parabéns, por isso!!
    Fico de cá só imaginando como deve ser interessante uma aula sua.
    Tenho em mim um encanto enorme pela dança clássica e ao ouvir algumas canções, fecho o olho e me vejo como uma bailarina ^^
    Abraços, Jair!

    ResponderExcluir
  8. Que maravilhoso! um bailarino! Eu sempre quis conhecer um bailarino!
    Sabe, eu tenho uma relação de amor e ódio com o Ballet. Amor porq hoje eu acho q coisa mais linda desse mundo! Odio porque quando eu era crianca a minha mae me forcou a entrar numa escola de danca e aquilo tudo pra mim era um suplicio, porque aos 10 anos eu ja tinha 1,70m (hoje eu tenho 1,80m) e parecia uma siriema magrelona e desengoncada e as outras meninas riam de mim. Sem falar que a professora so falava no diminutivo e eu queria dar na cara dela, porque ballet nao eh coisa de gente retardada!
    Pronto... vim aqui conhecer seu blog e ja sai desabafando... afe! Desculpa!
    Tem algum video seu pra eu ver? =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana, tudo bom?
      Pois é, não me pareceu uma relação muito amorosa, mas vale fazer aula, mesmo para realização pessoal e por ser saudável também!

      Eu tinha que lavar as minhas malhas de madrugada para meu pai não ver, pois toda vez que ele achava elas e as sapatilhas era um sufoco e discussão. Com o tempo meus pais foram entendo e hoje são fãs da coisa, apoiam e gostam de falar sobre. Mas também tive minhas barreiras.

      Vídeo na internet eu só tenho um, os demais eu tenho como arquivo pessoal. Esse que vou deixar aqui foi um dos mais divertidos espetáculos que já fiz. A cia foi convidada para fazer uma parte de uma apresentação cujo tema era CIRCO. Aí, remontamos um antigo trabalho, alteramos algumas coisas e nos vestimos e nos pintamos de palhaços. Adorei fazer isso, e achava super gostoso.

      Eu sou o palhaço com a pena da cabeça e que faz as partes de solo ou que fica "sambando" no meio do grupo. Espero que goste e se divirta também!

      Obrigado a você e a todos que compartilharam aqui. Desculpa a demora, mas a rotina ainda sendo muitooooooo corrida!

      Abraço forte!

      Excluir
    2. O VÍDEO: http://www.youtube.com/watch?v=9X2yInc3Z4E

      Excluir

Obrigado por compartilhar aqui! =D
#feliz